Intempérie Climatérica Atinge Casco de Rolha

A intempérie climatérica juntamente com a subida do caudal da Ribeira de Casco têm causado vários danos materiais em Casco de Rolha nas últimas horas. Segundo as autoridades marítimas de Casco de Rolha, nomeadamente a Marinha de Rega da Ribeira de Casco, a subida das "augas" da Ribeira de Casco deve-se à abertura das comportas da Barragem do Alto Casco em Sarrazolas. Passemos a citar o comandante da Marinha de Rega da Ribeira de Casco: "Foi-nos comunicado que o nível das augas da Ribeira de Casco ia subir pois a barragem do Alto Casco estava a rebentar pelas costuras. Caso aquilo rebentasse ia ser o fim do mundo em cuecas".
A subida do nível das aguas levou a que dois moços que viviam debaixo da Ponte Velha fosse desalojados. Entretanto a junta de freguesia na pessoa do recém reeleito presidente da junta António Pina Balente, já tomou as devidas providências para realojar os ditos individuos. Vai mandar construir uma nova ponte desta vez em maré seca junto ao Aeroporto Internacional de Casco de Rolha para os respectivos serem devidamente realojados.
Esta crise climatérica que afecta Casco de Rolha já provocou baixas na economia de Casco de Rolha. A começar pela exportação de vacalhuço da Ribeira de Casco- Com a subida das aguas torna-se impossivel a pesca deste, visto este ser um peixe muito pacato fugindo assim da confusão que vai na Ribeira de Casco. O segundo contra-tempo é o fecho temporário do Aeroporto Internacional de Casco de Rolha. Este é a porta de entrada de milhares de visitantes de todo o mundo e dos quatro continentes em Casco de Rolha.
Sr. António Pina Balente já veio a publico tranquilizar os casco rolhenses afirmando ja ter iniciado as negociações com o São Pedro para aliviar o clima em Casco de Rolha. Afirmou ainda que este mau tempo não resultará num novo Furacão Zundapp.
Enviar um comentário