Criação da Junta Autónoma das Valetas e Caminhos de Vacas

António Pina Balente digníssimo presidente da junta de Casco de Rolha decretou em Assembleia Freguesial Extraordinária realizada nos calabouços da Moina Judiciária de Vila Nova de Santa Pinga a criação da Junta Autónoma das Valetas e dos Caminhos de Vacas para realização de obras limpezas e ademais actividades de mantimento das vias de circulação de Casco de Rolha bem como de toda a sua envolvente nomeadamente as valetas que ganham muito verdete da "auga" das chuvas que cai sobre Casco de Rolha e da bosta de vaca de quatro patas, de realçar que são de quatro patas as vacas, que cagam tudo nomeadamente as valetas e o respectivo pavimento em paralelo e calçada à portuguesa com o respectivo "aliviamento da tripa".
António Pina Balente ainda sobe acusação de meter ao bolso dinheiros freguesiais e fazer negociatas nas obras que está a realizar em Casco de Rolha, nomeadamente, Quartel dos "Vomveirios Assapadores" de Casco de Rolha e Autódramo Internacional Casco Ring e da aquisição do submarino "Farpão" veio já a público nomeadamente à Casco de Rolha TV defender-se dizendo que a criação desta nova empresa freguesial não vai ser para ele meter ao bolso como o acusam de meter.
António Pina Balente nomeou Caralhinho Tone presidente da Junta Autónoma das Valetas e dos Caminhos de Vacas E.F. de Casco de Rolha. Caralhinho Tone calceteiro marítimo de profissão com Licenciatura em Calcetagem Marítima tirada no Instituto Politécnico de Casco de Rolha já exerceu o cargo de Secretário Freguesial dos Assuntos Freguesiais no anterior mandato de António Pina Balente. Depois deixou porque arranjou mama na Empresa Municipal de Pinga e Arte (EMPA) de Vila Nova de Santa Pinga.
Enviar um comentário