Operação Chumbo-STOP de Natal e Ano Novo - Rescaldo

Decorreu entre os dias 22 de Dezembro de 2014 e 2 de Janeiro de 2015 a operação "Chumbo-STOP de Natal e Ano Novo" da Moina de Casco de Rolha na própria da aldeia de Casco de Rolha e Protectorado de São Cricas d'Auga.
Este ano aumentaram a eficácia das castanhadas. Menos castanhadas e mais vítimas de "aleijamento" e arrefecimento do céu da boca. O Piquete de Caça à Multa registou em duas meias dúzias de castanhadas uma vítima de "aleijamento" leve", cinco vítimas de "aleijamento" pesadas e uma vítima de arrefecimento do céu da boca. A vítima de "aleijamento" leve foi um moço de Corno Manso que ia de passagem e escorregou no gelo e bateu cas beiças no chão ficando cas beiças arrebentadas nada que o deslocamento ao local de uma costureira não resolvesse na hora com aplicação dos respectivos pontos.
As vítimas de "aleijamento" pesadas não quiseram dar a conhecer a sua identidade, "adiente". A vítima de arrefecimento do céu da boca foi um boi xarolês que puxava a Carroça Super Sport RS 4x4 Bi Cabresto da Tia Maria do Pito Arregaçado. Este arrefecimento foi provocado pois o respectivo cabresto não acudiu a uma ordem de paragem de uma patrulha do Piquete de Caça à Multa e enxertou dez cartuchos no ar dos pulmões após uma perseguição a alta velocidade "infequetuada" pela Moina de Casco de Rolha nas novas Transviaturas Super Sport RS à paisana adquiridas para perseguições rápidas.
Logo se deslocou ao local um carrinha de caixa aberta para recolher a vitima mortal e chamado Sadam "O Cangalheiro" para vestir o fato de pinho à vitima o qual não foi possível pois a vítima não cabia nos fatos de pinho sendo enviada para o matadouro para fazer bifes para o Supertalho "O Cabresto" de Zé do Talho.
Tia Maria Badalhoca já veio a público fazer basqueiro a pedir uma indemnização para reparar o motor da sua Carroça Super Sport RS 4x4 Bi Cabrestos. Segundo ela se a dita máquina ficar só com um cabresto deixa de ser Bi Cabresto e perde muita capacidade de arranque e velocidade de ponta o que a deixa descolhoada. O outro cabresto foi levado para a esquadra para interrogatório para averiguar a causa de o cabresto morto não acatar a ordem de paragem.
Foram ainda contabilizadas multas a destacar duas que merecem um especial relevo, a "Benere" e o Pai Natal. A "Benere" seguia em missão urgente quando passou a 120km/h na portagem da Ponte Velha sem pagar logo é perceguida e obrigada a parar para arrotar a respectiva multa. O pai natal foi multado pois as renas tinham os cascos carecos e seguia em excesso de velocidade.
Enviar um comentário