Crónicas do Manel Garganta - As Aves Raras

Casco de Rolha para além de ser uma terra de ilustres gentes de gema de raiz é "tamvém" uma terra "acharcada" a aves raras. No registo de aves raras de Casco de Rolha estão registadas as seguintes aves raras: Cagapones Melrius Cagatacus, Rola Anã, Rola Comando, Tone Rambestaine e Zé da Barge. Sendo que as duas primeiras são aves de bico e as duas respectivas seguintes aves de beiças.
O Cagapones Melrius Cagatacus é uma espécie rara de melro anão raramente visto a vaguear no Pinhal do Esgaça. Este "infequetua" voos picados do cimo dos eucaliptos para o chão para morniçar cascas de tremoceiro. Esta aves só bebe "auga" de cu lavado.
A Rola Anã é uma espécie de rola mais ligeiramente pequena que a rola dita normal. É uma adaptação aerodinâmica da rola dita normal aos ares de Casco de Rolha. Esta adaptação permite-lhe fazer grandes manobras em voo.
A Rola Comando é uma rola de combate. É treinada unicamente para combate aéreo e de bombardeio. Estas estão actualmente na Freguesial Força Aérea e estão "inquipadas" com coletes anti-bicada e fisgas de longo alcance.
Tone Rambestaine é todo ele uma verdadeira ave rara. Ele é o presidente da Frente Freguesial de Metalage (FFM). Todo ele parece um mapa de estradas cheio de desenhos e brincos de cortiça. "Tamvém" faz parte da comissão organizativa do Milhões de Farpas.
Zé da Barge é todo ele "tamvém" digno de registo na lista de aves raras de Casco de Rolha. A sua imagem de marca é um osso de frango que traz enfiado na beiça a fazer de pircing. É este iluminado o presidente da comissão organizativa do Milhões de Farpas.
Enviar um comentário