Novos Métodos de Diagnóstico no Hospital de Casco de Rolha

O Hospital de Nossa Senhora dos Tremoços em Casco de Rolha desenvolveu novos métodos de diagnóstico nomeadamente ao nível do "olhómetro". Desenvolveram ainda novos métodos de observação. Quando o paciente precisa de observação mandam este para casa dormir uma sono e de doze em doze horas medem a tensão e a febre. Após isto ligam para o hospital, caso não esteja pior continua o tratamento de dormir um sono. Caso piore deve dirigir-se novamente para o hospital.
Uma das queixas deste novo sistema é o uso do raio-x para tudo e para nada. Até quem se queixa do papo é-lhe tirado um raio-x. Deve ser para ver se está tudo bem com o ossinho do fígado. Caso seja isso é logo "armandado" para o "osteofiguedeirologista, o médico especialista na coisa. Houve "tamvém" quem já se queixasse que chegaram ao hospital a queixarem-se da bomba e "tamvém" lhe foi feito um raio-x em vez de um "electrobombograma" e "ecobombograma".
Mas o melhor deste novo sistema aconteceu a Nel Morrinha um empreiteiro de Casco de Rolha. Este dirigiu-se ao hospital com uma forte dor de costas. O "ostecolunogista" usando do seu "olhómetro" analisou os sintomas e receitou a Nel Morrinha um saco de cimento para ele puxar ao lombo para este ganhar massa muscular nos elos da coluna e deixar de doer.
Com estes novos métodos, o Hospital de Nossa Senhora dos Tremoços de Casco de Rolha está na vanguarda do diagnóstico médico.
Enviar um comentário